domingo, 26 de setembro de 2010

Notícias do Davi direto de sua casa

Amigos(as),

Hoje é um dia muito especial para nossa família, pois faz exatamente um mês que foi realizada a cirurgia no Davi. Naquele dia, a ansiedade era imensa e apesar de todos os riscos que existem neste tipo de cirurgia, sempre tivemos fé e acreditamos que Deus iria fazer o melhor pelo Davi.

Para vocês terem uma idéia, foi realizado na cirurgia do Davi o procedimento de circulação extracorpórea, que é "uma técnica aplicada mundialmente nos casos em que o coração precisa parar de bater (cardioplegia) para que a cirurgia seja realizada. O sangue é desviado para a máquina, que faz o papel do pulmão, de oxigenar o sangue, e do coração, de bombeá-lo". Em resumo, no caso do Davi, o coração e o pulmão dele foram "desligados" e uma máquina fez o papel do coração e pulmão para que o médico realizasse o procedimento cirúrgico.

Desde que chegamos de São Paulo, continuamos a ter muito cuidado com o Davi, pois, apesar da cirurgia ter sido muito bem sucedida, ainda tinhamos que completar outra fase do pós-operatório. Sempre pegamos o Davi pelo pescoço e bumbum, pois é extremamente proibido pegá-lo pelas axilas, já que ainda possui muitos "pontos internos" que podem romper. Além disto, continuamos com os cuidados em relação a ambientes fechados, doenças, etc.

Estivemos nesta última semana, visitando os médicos que acompanham o Davi, o Tio Beto (seu pediatra) o viu na consulta de 6 (seis) meses e disse que ele estava ótimo, que não havia perdido peso e já estava liberado para uma dieta diferente, com papinha de fruta e sopinhas, além de sucos. Comentou também da importância deste primeiro mês após a cirurgia, e também da necessidade de visitar a Tia Klébia (cardiopediatra). A consulta foi no sábado (18/09) e já tinhamos agendado a consulta com a Tia Klebia na 3a. feira (21/09). Fizemos um manual de perguntas para os dois... eram coisas do tipo, o que temos que fazer em relação a isto ou aquilo... parecíamos ainda pais de primeira viagem naquela consulta de 7 dias de nascido. Acho que era a ansiedade voltando um pouco :-).

A consulta foi exatamente no dia que o Davi fez 6 (seis) meses, e para nós, este dia foi de muita felicidade. Primeiro, pelos excelentes comentários do pediatra a respeito da saúde do Davi, depois por termos ido à missa agradecer a Deus e por fim, por termos feito uma pequena comemoração de aniversário do Davi. Ele estava uma graça neste dia, rindo por tudo, e toda vida que a gente cantava para ele uma musica que dizia assim: "Você é especial, não existe outro igual ..." ele soltava gargalhadas.

Vejam as fotos do Davi na hora que cantávamos esta música:


















Nesta outra foto ele já estava dando gargalhadas:





















No final do dia, na hora de dormir, eu e a Luciana comentamos que havíamos colocado em nossa agenda que ele iria realizar a cirurgia no 6o. mês, pois é o que normalmente ocorre aqui no Brasil com os bebês que nascem com Tetralogia de Fallot, mas no caso do Davi foi diferente, por ele ter um Fallot de boa anatomia, o Dr. Marcelo achou que já podia operá-lo logo e ele fez a cirurgia com um pouco mais de 5 meses. Comentamos um ao outro, que era muita felicidade termos comemorado este 6o. mês do Davi com ele já operado e saudável.

Na 3a. feira passada fomos visitar a Tia Klébia e assim que o Davi viu aquela pessoa de jaleco branco fez logo um biquinho de choro. Por enquanto ele ainda estranha algumas pessoas e se tiver de jaleco, faz logo biquinho mesmo (acho que é um trauminha de UTI). Ela brincou e disse que biquinho lindo... e fez uma graça para ele não chorar. Ele acabou não chorando, e ela começou a conversar conosco, saber mais detalhes, e ao ver os exames, comentou que estava tudo ótimo. Durante a consulta, o Davi tomou a mamadeira (esta foi a tática utilizada para ele não chorar com a Tia Klébia) e ela continuou vendo os exames e conversando um pouco. Em seguida, ela foi examiná-lo e ao final disse uma frase que nos deu um grande alívio: "Ele está ótimo e agora vocês precisam relaxar um pouco.". O Davi irá fazer um exame com 30 (dias) da cirurgia que é um Ecocardiograma, e deve continuar sendo acompanhado. Será algo assim, visitas mensais, depois trimestrais, semestrais e no final de ano em ano. Ela comentou sobre os cuidados que temos que ainda ter com o Davi, mas falou novamente que estava tudo ótimo :-).

Lembra que comentamos que estas coisas mudam a vida da gente, é, acho que mudam mesmo, e mudam para melhor. Mesmo já sendo uma família muito unida, agora sentimos que somos mais unidos ainda. Não havia falado ainda, mas o carinho que o Gabriel e Tiago (irmãos de 7 e 6 anos) tem pelo Davi é enorme, eles não tem ciúme e nem ficam chateados ou preocupados quando temos que deixar de ir a algum passeio por que não temos com quem deixar o Davi. São super amigos e cuidadosos com o Davi. Fazem brincadeiras com ele e são muito compreensivos com tudo que passamos.

Queria aproveitar este e-mail para me desculpar caso tenha esquecido de responder algum e-mail que foi enviado. Foram centenas de e-mails com palavras de carinho e fé e como alguns e-mails necessitavam respostas tentava sempre responder o mais rápido possível, mas talvez possa ter me esquecido de algum.

Obrigado a todos.

Edgy, Luciana e Família

Ahhhh, iamos esquecendo de uma foto do Davi se lambuzando com uma papinha de Goiaba:

0 comentários:

Postar um comentário